Blog Bocayuva Advogados

Blog Bocayuva Advogados | Advocacia que atua a favor do empresario em ações tributárias, previdência, assessoria e assistência jurídica em Brasília.

(61) 3032-8936 / 3032-8933

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Descubra 5 dicas para pagar menos impostos na empresa!

3 minutos para ler

A alta carga tributária no país é um entrave para as empresas e acaba dificultando o pleno crescimento dos negócios. Quando o assunto é pagamento de altos tributos e taxas, muitos empresários ficam desanimados e desistem de empreender.

Mas nem tudo está perdido! Você sabia que sua empresa pode pagar menos impostos e ter menos despesas? É possível driblar a incidência de alguns tributos por meio de algumas mudanças administrativas e mediante a efetivação de um planejamento fiscal de qualidade.

Quer saber como? Neste artigo, você vai conhecer algumas dicas muito úteis de como pagar menos impostos e ter menos gastos na sua empresa. Confira!

1.  Faça um planejamento tributário eficaz

Para ter um negócio de sucesso, é necessária a realização de um planejamento tributário de qualidade. Esse é um dos primeiros passos durante o processo de criação e manutenção de qualquer empresa.

Antes de tudo, é importante conhecer alguns elementos, como o faturamento mensal e o fluxo de caixa, que envolve os lucros e as despesas — remuneração de funcionários, contas a pagar, compra de insumos etc. Pode ser elaborada uma planilha para facilitar esse processo.

Desse modo, o gestor terá uma visão mais clara e abrangente da situação financeira da empresa. A partir daí, ele poderá definir as melhores estratégias para controlar as despesas.

2.  Defina o regime tributário

O enquadramento adequado do regime tributário vai ditar qual será a base de tributos que a empresa irá trabalhar: Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real. Essa medida ajuda a ter uma noção maior sobre o regime tributário mais adequado de acordo com o perfil da empresa.

Com isso, pode-se anular o pagamento de alguns impostos. Essa personalização do regime ajuda a otimizar o sistema tributário e reduzir valores despendidos com determinados tributos.

3.  Mantenha o pagamento dos impostos em dia

A inadimplência no pagamento de impostos pode trazer péssimas consequências para a empresa, como juros sobre o débito. Além disso, o Fisco poderá aplicar sanções de multas, por exemplo.

Portanto, tenha o cuidado de organizar as guias de pagamento e o controle as finanças com muita cautela. Assim, você vai evitar perder dinheiro, o que afeta direta e positivamente as reservas financeiras da sua empresa.

4.  Pesquise a existência de benefícios fiscais

Algumas empresas podem se valer de benefícios fiscais oferecidos pelo Governo Federal. Um exemplo conhecido é o caso do REFIS, um programa que auxilia as empresas que apresentam débitos tributários com o governo a regularizarem suas dívidas.

Outro exemplo é o PERT – Programa Especial de Regularização Tributária. Um projeto de 2018 que possibilitou às empresas optantes pelo Simples Nacional reorganizarem suas finanças.

5. Conte com profissionais capacitados

Ninguém melhor do que um profissional experiente e que domina o assunto para estudar a situação fiscal da empresa e definir quais serão as estratégias mais adequadas a fim de otimizar operações financeiras. Portanto, o ideal é contratar um advogado capacitado para tomar conta dessas operações.

Muitas empresas acabam enfrentando muitos obstáculos para dar continuidade às suas atividades. A alta cobrança de impostos é uma das principais causas nesse sentido. No entanto, você ficou sabendo algumas dicas de como reduzir a ocorrência dessa situação. Que tal começar a colocá-las em prática?

Quer saber como pagar menos impostos e potencializar os resultados da sua empresa? Entre em contato com o escritório Bocayuva Advogados e descubra as soluções que temos para sua empresa!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

-
Tamanho da Fonte
Modo de Contraste